Ame algo mais elevado, algo maior, algo no qual você se perderá e que não possa controlar; você pode ser possuído por ele, mas não pode possuí-lo. Então o ego desaparece, e, quando o amor não tiver ego, ele será prece. Osho
Photobucket Apenas um raio de sol é suficiente para afastar várias sombras. São Francisco de Assis

sexta-feira, 18 de setembro de 2009



“Aprende servir-me, para que ao longo do caminho só tenhas a vontade de encontrar-me.
Esqueça-se de você (ego) mesmo, para que então o que exista unicamente seja o Eu (consciência sem conteúdo morto)a ser encontrado. Não espere pelos Grandes Mestres porque eles podem ser muitos (unidade que o ego fraciona) e estar perto (dentro) de você. Você (ego) é como o homem cego que procura o brilho do sol. Você é como o homem faminto a quem é oferecido a comida e não comerá (insensatez da busca egoística pelas projeções). A felicidade (projetada) que você procura não existe; mente está em toda parte, em qualquer pedra. Eu estou lá, se você puder me ver. Eu (consciência livre universal em cada ser humano) sou o socorro, se você (ego – consciência pejada) se deixar ser socorrido.”

Mestre Maitreya