Ame algo mais elevado, algo maior, algo no qual você se perderá e que não possa controlar; você pode ser possuído por ele, mas não pode possuí-lo. Então o ego desaparece, e, quando o amor não tiver ego, ele será prece. Osho
Photobucket Apenas um raio de sol é suficiente para afastar várias sombras. São Francisco de Assis

sábado, 19 de setembro de 2009



(Rabiscos e pensamentos de Solzinho)


Visível,invisível...

eu gosto de brincar com a vida...
de colher a vida,
e quando acordo ...
meu desjejum é alimentar-me e beber dela...
é o momento onde não sou nada alem desses bilhões de formas...
ou uma espécie igual a uma delas.
uma borboleta...
uma folha...
uma formiguinha...
um galhinho caído que despencou da árvore...
sou isso ...
sou aquilo...
tão água, tão vegetal,
de sólido ...quase nada...
ou quem sabe luz?
me transformo e mudo de cor...
me desintegro...
e volto a ser o adubo de teus pés...
e o que não parece viver...vive...
Não ha morte no mundo da luz.
Eu gosto de brincar com a vida quando acordo...
porque minha alma é maleável...
me transformo em tua espécie
te abraço,
e tu me vês sem susto...
falo tua língua e tu a minha
ouço tuas queixas...
sento ao teu lado...
visível...invisível...
Nosso mundo é o infinito...
e tu é todo ele,
um grão de areia...
ou uma gota d'água...
eu gosto de brincar com a vida...
essa minha vida
e vejo a tua...
sou esse pensamento...
e também esse sonho...
Já estou contigo...
desde o primeiro Sol....


Leninha.Sol